Comparativo entre Google Drive, SkyDrive e DropBox

O comparativo confeccionado em Google Planilhas exibe as principais características e diferenças dos produtos para armazenamento de seus arquivos na rede: Google Drive, SkyDrive e DropBox.

Com a crescente necessidade de mobilidade, as aplicações em nuvem estão ganhando mais destaque e usuários. Existem diversas opções de armazenamento para seus arquivos nas nuvens mas destacamos os principais: Google Drive, SkyDrive e DropBox.

Por que o Google Drive

Não é necessária prática tão pouco experiência para usar o Google Drive. Sua interface simples e objetiva permite que qualquer nível de usuário se familiarize em pouco tempo de uso.

O Google Drive aparece como ótima opção para armazenar arquivos na rede, principalmente por que a suíte de aplicativos Google Docs está completamente integrada e permite além do armazenamento, colaborar seus arquivos em tempo real com outros usuários. Também é possível adicionar diversos aplicativos e executar seus arquivos de photoshop ou Cad diretamente das nuvens por exemplo.

A capacidade de armazenamento de 5 GB é Grátis e se desejar aumentar o Google oferece diversos planos com o menor custo por GB dos serviços citados, em torno de 13 centavos por ano! Além disso,  os arquivos   convertidos ou criados em Google Docs não ocupam espaço no Google Drive, ou seja, os 5 GB são mais do que suficientes!

Como segurança é um aspecto primordial pois não queremos ninguém “fuçando” em nossos arquivos, o Google também está na dianteira: oferece autenticação em 2 etapas com reconhecimento de ponto de acesso e senha gerada através de sms ou token no celular. Saiba mais no link.

Como era de esperar a pesquisa de arquivos é excelente: o Google pesquisa pelo nome dos arquivos, por texto dentro dos arquivos e até por texto em suas imagens e arquivos PDF com a tecnologia OCR.

Comparativo

O comparativo confeccionado em Google Planilhas também está disponível na galeria de modelos do Google Docs no link

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *