Inversão do Vetor de Marketing

A Inversão do Vetor de Marketing é um fenômeno de inversão na comunicação entre anunciantes e consumidores. No marketing de massa, a comunicação dominante se dá no sentido da marca para o consumidor, mas com a ascensão do cenário digital e os mecanismos de pesquisa, a comunicação dominante acontece no sentido do consumidor para a marca: ele busca a marca escolhe o que, quando, onde e como.

Segundo Martha Gabriel, essas transformações são responsáveis por um processo de inversão do vetor de marketing. Se analisarmos a alteração do comportamento do consumidor nesse processo de inversão do vetor de marketing, veremos que ele passou de telespectador (um espectador de tela)  para um tele-interativo (um interator de tela). Nessa mudança de papel passivo para ativo podemos destacar as quatro telas que têm acompanhado o consumidor – o cinema, a televisão, o computador e o telefone celular. O vídeo “The 4th Screen” da Nokia  apresenta de forma muito interessante as transformações gradativas de comportamento e possibilidades, conforme as telas foram introduzidas na sociedade.

Essa inversão do vetor de marketing faz com que as estratégias tradicionais de marketing percam sua eficiência no cenário atual. E muitos modelos de negócios também. Assim, conhecer o ambiente de marketing que se delineia, com novas tecnologias e plataformas digitais e a mudança no comportamento do consumidor, é essencial para o sucesso do planejamento de marketing. As novas tecnologias e plataformas digitais, tal como qualquer outro fator do ambiente de marketing, podem se apresentar como ameaças ou oportunidades: a) ameaças para as empresas que não as conhecem/utilizam, mas são impactadas por elas; ou b) oportunidades estratégicas quando combinadas e usadas adequadamente complementando estratégias tradicionais.