17 maneiras de criar conteúdo escaneável para o seu Blog

17 maneiras de criar conteúdo escaneável para o seu Blog

Você escolheu suas palavras com cuidado, ponderou bastante sobre elas. Mas ninguém está nem lendo seus posts, quanto mais comentando ou compartilhando. Se quer mais leitores, mais engajamento, e mais compartilhamento de seu conteúdo então você definitivamente precisa investir em conteúdo escaneável para o seu Blog!

Por que os leitores não lêem cada palavra – e o que você pode fazer sobre isso

Apenas 16% das pessoas lêem palavra por palavra. A maioria delas escaneiam o texto, e presumo que você seja um deles. Por exemplo, quando eu chego em um site ou blog, eu dou uma olhada rápida na página para ver se parece relevante para mim. Se algo me intriga, posso descer para ver o que está “abaixo da dobra”.

As pessoas tomam decisões em segundos. Decidem se seu conteúdo é relevante, e se vale a pena gastar tempo com a leitura.

Se não enxergam os benefícios de continuar a leitura, logo sairão do site. Não lerão o conteúdo. Não deixarão comentários. Não o compartilharão. E é provável que nunca mais voltem.

Isso significa que você precisa aprender a escrever conteúdo escaneável. Porque as pessoas vão decidir se devem ou não ler o que escreveu com base no que saltou aos olhos logo de cara. Abaixo algumas técnicas para lhe auxiliar com isso.

1. Escreva Títulos Grandes

A primeira coisa que as pessoas vão ver é seu título e esse deve atrair o olhar. O design do seu blog deve ajudar o título a saltar da tela. (Se não é assim, você pode querer mudar ou ajustar o seu tema.)

Em termos de redação, seu título deve ser convincente e oferecer ao leitor um claro benefício pela leitura do post, ou seja, ser relevante.

Lembre-se que estamos falando do H1 e não do meta title que deve ser otimizado para efeitos positivos de seo.

2. Escreva uma Bela Linha de Abertura

Além do título, a parte mais lida de um post em seu post será a primeira linha, a introdução. Você quer que ela comunique um benefício, ou crie certa curiosidade. Em sua primeira linha você precisa dar uma boa razão às pessoas para continuarem.

3. Mantenha seus Parágrafos Curtos

Grandes blocos de texto assustam os leitores. Parágrafos pequenos dão aos leitores uma dica visual de que seu conteúdo será fácil de ler e de replicar. Se eles veem blocos enormes e assustadores de texto, fica parecendo que tudo é difícil.

Atenha-se a uma ideia por parágrafo, e mantenha cada parágrafo curto.

4. Escreva Frases Curtas

Frases curtas e claras ajudam os leitores a considerar seu conteúdo acessível. Se sua frase de abertura possui 40 ou 50 palavras e é difícil de seguir, não vão continuar lendo.

Uma vez ouvi dizer que devemos deixar as frases com até 16 palavras, o que parece uma boa regra a se seguir.

5. Escolha Palavras Simples

Almeje escrever como você fala, e escolha palavras que transmitam com clareza e precisão o significado. Não use palavras grandes para tentar soar impressionante.

Seus leitores querem uma leitura agradável e principalmente entender o assunto. Se você é médico ou advogado por exemplo, nãouse jargões da profissão, que só seus pares entenderão, use palavras que seu público alvo entenderá.

6. Use Listas

Quando os leitores veem que seu conteúdo está estruturado como uma lista, sabem que você o dividiu para facilitar para eles.

No entanto, não precisa se tornar uma regra inviolável, criar posts em forma de lista. Até usar palavras-chave ao longo do post pode ajudar as pessoas a escaneá-lo.

7: Use Subtítulos para Dividir Seu Post

Se as pessoas vêm ao seu site e encontram apenas texto (mesmo que dividido em pequenos parágrafos), nada vai se destacar. Isso torna mais difícil descobrir que pontos o texto cobre.

Você deve procurar repartir seu texto em quatro ou cinco seções e dar a elas subtítulos que comuniquem bem o assunto de cada uma. Dessa forma, seus leitores terão uma pista visual do que os espera, e se há ou não uma seção no texto que seja relevante para o que precisam.

8. Adicione Outros Tipos de Formatação

Além de subtítulos, há outros tipos de formatação que você pode vir a usar. Você pode usar negrito, itálico e até mesmo só maiúsculas para enfatizar pontos-chave. Pode mudar o tamanho ou a cor do texto.

Essas formatações podem atrair melhor o olhar do leitor para os pontos importantes do texto.

Mas não abuse desse tipo de formatação. Não vai querer que seu conteúdo se torne uma punhado de diferentes técnicas sem nexo, que pareça uma bagunça ou parecendo um chat de BBS.

9: Use Imagens

Talvez você já use uma imagem de destaque no início de seus posts. Mas, está usando imagens dentro dos posts?

Pesquisas mostram que os leitores são atraídos por imagens. Então, posicionar imagens ao lado de palavras-chave — em especial imagens que se assemelham ao conteúdo — aumenta as chances do leitor chegar ao fim de seu post. Contudo, certifique-se que não está infringindo nenhum copyright.

Lembre-se que as imagens além de serem uma ótima forma de quebrar o texto e facilitar a leitura, pode fornecer importante valor para seu usuário se usado adequadamente.

10. Use Legendas nas Imagens

No WordPress é bem fácil inserir legenda em uma imagem. Apenas clique na imagem para editá-la e escreva o que quiser na caixa “legenda”. O texto vai aparecer logo abaixo da imagem no seu post.

É natural que as pessoas olhem para as descrições abaixo das imagens. Então, você pode usar uma legenda de imagem para enfatizar um ponto que esteja tentando provar, ou até um que chame a atenção.

11. Use Outros Conteúdos Visuais

Imagens são ótimas. Mas há outros tipos de conteúdo visual que você pode criar. Por exemplo, pode usar gráficos ou tabelas no seu post para mostrar alguma informação.

Tudo o que é visual e disponibiliza informação de modo diferente pode ajudar a atrair o olhar do leitor. Mostra que tem algo para se ver — não é só texto para ler.

Você pode até mesmo pegar uma citação-chave de seu post e criar um bom elemento visual com a frase sobreposta a uma foto e inserir em seu conteúdo como um subtítulo. Ao fazer isso, os leitores ganham uma razão para ler mais.

Adoro Gifs animados, Giphy e Tenor são ótimos recursos para usar em seu post!

  • Super dica: Aproveite e agregue muito conteúdo em seu post com vídeos incorporados de outras plataformas como Youtube!

12. Use Citações em Bloco

Quase todos os temas do WordPress possuem um estilo “bloco de citação”. O que permite que você destaque uma parte específica de seu conteúdo, de alguma maneira. Em geral se usa para destacar uma citação, mas você pode usar de maneiras diferentes se quiser.

Com o WordPress, você pode aplicar a formatação de blocos ao selecionar o parágrafo em questão e clicar no ícone “Blockquotes” no editor visual.

13: Use Espaços em Branco

Não precisa preencher cada pixel da tela. Criar espaço dentro e em torno do seu conteúdo dá aos seus leitores a chance de não se sentirem sobrecarregados.

Mais uma vez, espaço pode atrair o olhar do leitor para mais embaixo na página. Mesmo que isso afete, em parte, seu design, você pode adicionar algumas quebras de linha para criar pequenos parágrafos (de que falamos mais cedo) e espaçar um pouco mais as coisas.

14: Use Um Bom Design

Muitas vezes, os blogs são difíceis de ler apenas porque o design é confuso. Simplificar as coisas, ou até mesmo mudar para um tema diferente (template), pode ajudar bastante. Duas ações-chave para você são:

  • escolha fontes que não sejam muito pequenas e sejam gostosas para ler.
  • adicione uma pequena distância entre as linhas de seu conteúdo.

15: Deixe Seu(s) Ponto(s) Principal(is) Claro(s)

Uma armadilha em que muitos blogueiros caem é esconder o mais importante lá no meio do texto, onde é bem provável que não seja nem notado.

Se há um ponto-chave que você quer que seus leitores entendam e se lembrem, diga de uma vez.

Se está escrevendo uma postagem longa (digamos 2 a 3 mil palavras), tente usar quadros recapitulativos sob cada subtítulo para ajudar os leitores a ver para que serve cada seção.

Dá aos leitores uma razão imediata para ler o restante da seção. É como usar um título e uma frase de abertura ao longo do texto também e não só no princípio.

16: Repita os Pontos Importantes

Com sorte, você tem uma ideia clara do que quer que as pessoas consigam de seu conteúdo. Repita isso — Mais de uma vez.

A maior parte das pessoas não lê palavra por palavra. Então você precisa enfatizar os pontos-chave diversas vezes ao longo do seu conteúdo.

Você deve procurar deixar essa informação na abertura, em algum dos quadros recapitulativos, na conclusão, e talvez em alguma arte visual do conteúdo também. Desse jeito, seus leitores terão mais chances de entender o propósito principal e colocá-los em prática.

17. Não Introduza Ideias Demais em Um Único Post

Se você está cheio de ideias que quer trabalhar, pode ser vantajoso dividi-las em uma série de posts.

Enquanto que algumas postagens longas podem funcionar, também podem ser opressivas aos leitores. Quanto mais informação você espalha em um post, menor a probabilidade de seus leitores reconhecer todas.

DICA EXTRA: Escreva como Um Ser Humano

Ó que seria dos filmes da Marvel sem os pós créditos? Então os posts em listas também precisam ter uma dica extra!

Quanto mais humana for sua escrita, melhor. As pessoas tendem a permanecer lendo quando sentem algum tipo de conexão com o escritor.

Significa que você poderia contar histórias, mostrar aos leitores, de alguma forma, quem você é, e pode escrever de um jeito mais coloquial.

Também é super interessante se conectar com seu leitor, então não fique com medo de escrever mais vezes “você” em seu post!

Resumo

Para os preguiçosos como eu, segue lista resumida das dicas:

  1. Escreva grandes títulos
  2. Escreva uma bela introdução
  3. Mantenha seus parágrafos curtos
  4. Escreva frases curtas
  5. Escolha palavras simples
  6. Use listas
  7. Use subtítulos para dividir seu post
  8. Adicione outros tipos de formatação
  9. Use imagens
  10. Use legendas nas imagens
  11. Use outros conteúdos visuais
  12. Use de citações de bloco
  13. Use espaços em branco
  14. Use um bom design
  15. Deixe seu(s) ponto(s) principal(is) claro(s)
  16. Repita os pontos importantes
  17. Não Introduza Ideias Demais
  18. Escreva como um ser humano
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *