Dicas do Google para o Index Mobile

Dicas do Google para o index mobile

Depois de meses de promessas o Google finalmente publicou no Webmaster Blog algumas dicas para que seu site esteja pronto para a implementação do Index Mobile (Mobile First Index), que já está acontecendo.

Nesse momento é importante saber que o index Mobile está ativo somente para alguns poucos sites (você consegue identificar isso pelos logs de servidor se quiser) e os mesmos estão sendo monitorados de perto para ajustar todos os pontos necessários antes de ser liberado em todos os sites.

Lembre-se que sites responsivos e que tenham exibição dinâmica não precisam fazer praticamente nada, as recomendações são especialmente úteis para sites que tenham versão mobile em URL separado (m.site.com).

tipos de versões mobile

Os 3 tipos de versões mobile explicadas

De qualquer jeito seguem as recomendações oficiais do Google para você estar preparado quando o grande dia chegar:

  • Garanta que as páginas na versão mobile tenham o conteúdo de qualidade e importante das páginas desktop. Em outras palavras, não oculte conteúdo que o Google possa considerar importante e lembre-se de usar as práticas recomendadas sempre, por exemplo, se as imagens forem redimensionadas, atente para que as mesmas tenham a descrição alternativa.
  • Garanta que os dados estruturados estejam presentes na versão mobile.
  • As meta informações  devem estar presentes e serem equivalentes em ambas versões (mobile e desktop). Por exemplo, tenha certeza de que seus meta títulos e meta descrições sejam iguais para a versão desktop e mobile das páginas de seu site.
  • Para sites que usam a versão mobile em URLs separados (o famoso m.site.com.br) não esqueça de aplicar as tags link rel=canonical e link rel=alternate entre ambas versões.
  • Para sites com URLs separados, garanta que os servidores sejam satisfatórios já que o googlebot vai passar a ler mais páginas e provavelmente vai exigir mais seu sua hospedagem.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *