Inteligência artificial do Google

Seoletter 133 – Seo em Janeiro de 2018

Um Feliz 2018 com desejo de muitas felicidades, realizações e principalmente conversões e primeiras colocações no Google! E se você está no ritmo de festa, ou de ressaca, nada melhor que ler o Seoletter com todas novidades do mundo da otimização para mecanismos de pesquisa e ficar a par das noticias e informações mais importante de SEO analisadas, resumidas e mastigadas para você.

Depois de muito tempo, o Google voltou a exibir seus vídeos tutoriais com respostas para as dúvidas dos webmasters sendo que John Mueller parece ser o novo Matt Cutts nesse caso… notícia super bem vinda, nada melhor do que ter tutoriais diretamente da caverna do dragão.

Mas as novidades da gigante de mountain view não param por aí… depois de diversos nomes dados, o Google anunciou que decidiu mudar o nome dos Richs Snippets (e Rich Cards, Enhanced Results dentre outros) tudo para Rich Results e de quebra também vai lançar uma nova ferramenta de testes, que atualmente esta funcionando somente para receitas mas logo mais vai estar redonda para testar todos os tipos de dados estruturados de seu site.

Nova ferramenta de teste de dados estruturados do Google

E Maggie Shiels comunicou que o Google está mandando mais tráfego aos publishers do que o Facebook (de novo depois de algum tempo)….  Os dados são de relatório do Recode e os principais motivos para tal guinada foram a maior utilização das páginas AMP do Google e algumas atualizações do algorítimo do Facebook que dentre outras facetas deram mais importância aos posts de famílias e amigos em detrimento do conteúdo dos produtores de conteúdo.

Google manda mais tráfego aos publishers do que o Facebook

Por último mas nem por isso menos importante, percebemos em dezembro grande volatividade nos posicionamentos de pesquisas no Google o que normalmente não ocorre nessa época… o Google evitar grandes alterações nas vésperas dos grandes feriados.

Barry Schwartz acredita que os principais impactados foram sites que utilizam estratégias de doorway pages mas o Google não confirmou nenhuma grande atualização, no entanto confirmou que diversas pequenas atualizações foram plaicadas em seu algorítimo.

Acredito que estamos vendo o que pode ser o fim das grandes atualizações, onde machine lerning e inteligência artificial estão tornando as mudanças no algorítimo algo regular, ou seja, ajustes pequenos de forma constante serão os novos paradigmas para otimizadores de plantão.

Sem mais delongas, vamos as publicações mais recentes de Seo Martin que talvez você tenha perdido:

Dicas do Google para o index mobile

Depois de meses de promessas o Google finalmente publicou no Webmaster Blog algumas dicas para que seu site esteja pronto para a implementação do Index Mobile (Mobile First Index), que já está acontecendo. Leia mais

Google: Use nofollow em todos links de seus Guest Posts

Em mais um ótimo hangout do Google Webmaster John Mueller disse que se fosse ele, usaria nofollow em todos os links de Guest Posts que direcionassem para o próprio site.  Leia mais

Google define o que são as doorway pages

As Doowway pages são páginas criadas de forma intencional com único propósito de se posicionar melhor nos mecanismos de pesquisa sem oferecer conteúdo diferenciado entre elas ou sem conteúdo de qualidade… é provavelmente a maneira menos compreendida de ser penalizado pelo Google e por isso vamos explicar melhor com ajuda de John Muller.  Leia mais

Exibir dados estruturados só para o Googlebot é Cloacking?

O usuário do twitter ZeNobral questionou John Mueller do Google se exibir os dados estruturados de seu site somente para o googlebot seria uma boa opção e a resposta foi simples e direta. Leia mais

“Artificial intelligence would be the ultimate version of Google. The ultimate search engine that would understand everything on the web. It would understand exactly what you wanted, and it would give you the right thing. We’re nowhere near doing that now. However, we can get incrementally closer to that, and that is basically what we work on.” —Larry Page

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *