tela de celular projetada no braço

Seo Letter 118 # O mundo muda, mas ninguém percebe…

Quando o Google foi fundado, havia cerca de 300 milhões de pessoas usando a internet… a grande maioria delas estava sentada em frente aos seus computadores, buscando respostas no formato de links azuis e hoje a internet tem perto de 3 bilhões de pessoas, e estamos enlouquecidamente buscando algo em todos os lugares possíveis agora que temos o smartphone grudado em nossos corpos.

As vezes o mundo muda, mas ninguém percebe e isso está ficando mais comum atualmente… quando Wilbur and Orville Wright, mais conhecidos como Irmãos Wright, conseguiram fazer seu primeiro voo, ninguém percebeu o tamanho da evolução que estaria por vir. Os jornais da época sequer falavam sobre o assunto, vide a capa do New York Times 3 dias após o suposto grande evento.

Capa do New York Times do dia 17/12/1903

Talvez as mudanças não sejam percebidas mas são extremas a ponto de que para os millennials, ter um smartphone é tão importante quanto ter um plano de saúde.

Estamos cada dia mais conectados e quando você menos espera aparece alguma invenção maluca que permite jogar a tela do celular no seu próprio braço e você pode tranquilamente buscar seus gadgets enquanto toma banho de banheira ehehe.

Mas não queremos somente estar conectados em todo lugar, queremos velocidade… e muita velocidade. Estudos mostram que 40% dos usuários abandonam um site que demore mais do que 3 segundos para carregar.

Acredito que seja exatamente pela combinação de mobilidade com velocidade que o Google tem direcionado tanto os esforços para páginas Amp e ainda acredito que a velocidade vai ser um fator mais forte de posicionamento a cada dia.

Sem mais delongas vamos ao que interessa que são as novidades que mexem com o mundo Seo nesse mês.

Penguin Vai Te Pegar

A quarta mais importante atualização do Penguin trouxe a inserção do mesmo no core do algorítimo de busca, com execução em tempo real… se você estiver fazendo algo errado e ainda não foi pego o bicho vai pegar.

Isso significa que os conhecidos delays nas penalizações de links são coisa do passado e agora o Penguin atua em tempo real, ou seja, assim que o Google lê e reindexa uma página, o filtro é aplicado imediatamente… as páginas com problemas serão analisadas e penalizadas em tempo real.

Gary Illyes também explicou que o que antes era aplicado de forma global no site, passa a ser mais granular…

Isso significa que a penalização pode ser aplicada em páginas específicas, seções específicas ou no site inteiro…. provavelmente uma análise de materialidade seja usada nesse caso e realmente faz mais sentido.

Pra finalizar nossos assuntos polares, como o Penguin passou a ser parte do core, o Google afirmou que não vai mais confirmar futuras atualizações do algorítimo como costumava fazer e isso provavelmente vai enloquecer a internet ehehe.

Cuidado com o links não naturais de Widgets

O Google reiterou que os links não naturais oriundos de widgets serão penalizados; muito embora já estivesse claro nas orientações, foi necessário um esclarecimento após tantos questionamentos ou problemas registrados.

Então lembre-se, se você criou algum widget com link que está sendo usado por milhões de blogs, use nofollow para evitar quaisquer penalizações.

Google penaliza links não naturais de widgets

Amp Neles

Google está oficialmente colocando as páginas AMP em seus resultados orgânicos nos resultados mobile… esse passo já foi dado no último mês mas está aumentando a cada dia.

As páginas Amp vão inundar os resultados de pesquisas e enquanto o Google trabalha loucamente para deixar a internet mais rápida, não seja lento e aproveite a oportunidade de atualizar seu site com as páginas Amp antes que seu competidor o faça.

Uma ótima opção para quem usa WordPress é usar o plugin da Automatic que configura tudo com 1 clique, basta instalar e ativar!

Plugin Amp no WordPress

Imagens de Produtos na Busca Mobile

Me surpreendeu positivamente que os resultados das pesquisas mobile no Google estão exibindo imagens dos produtos, isso realmente ajuda o usuário e identificar mais rapidamente o que procura.

Muito embora ajude quem procura se você não estiver com seu produto sendo exibido vai atrapalhar seus esforços orgânicos.

Ainda não foi confirmado como essa informação é entendida e exibida mas não tenho dúvidas que seja a devido aos dados estruturados no site e por via das dúvidas se você tem um e-commerce não deixe de aplicar as marcações Schema product e offer em suas páginas de produtos.

Imagens de Produtos na Busca Mobile

Google vai de mobile first?

Normalmente o Google testa novas formas de exibir seus resultados de pesquisa, mas um teste em especial me chamou mais atenção do que o costume.

Aparentemente estamos vendo a introdução de um mobile first em todas pesquisas do Google, onde a visualização no desktop (imagem abaixo) está usando uma aparência mobile no melhor estilo individual cards.

Ainda é cedo para confirmar e para especular sobre seus efeitos, mas com certeza vale a pena investir em Rich Snippets, Páginas Amp e nos Rich Cards para que quando a hora chegar, você esteja preparado e saia na frente da concorrência.

Teste Nova Serp Google com Mobile First

Atenção com os direitos autorais

É meio obvio mas é sempre bom lembrar: muito cuidado ao usar dados de terceiros que tenham direitos autorias. Até o momento já foram mais de 1.75 bilhões de urls removidos do Google devido a problemas autorais e somente nos últimos 30 dias em torno de 87 milhões de urls removidos.

O Google está mais esperto do que nunca e consegue identificar e processar os pedidos de remoção de conteúdo por questões autorais de forma mais ágil e dinâmica do que nunca antes.

Treine sua equipe para não copiar conteúdo protegido e evitar desastres…  se tiver dúvida, evite evite usar material duvidoso e opte por usar algum banco de conteúdo como o Envato que oferece imagens, áudios, vídeos e muitos outros conteúdos com preços super acessíveis.

urls removidos do Google devido a problemas autorais

Keyword Planner está agrupando Volumes de Pesquisa

O planejador de palavras do adwords era a melhor forma de pesquisar pelo volume de palavras-chave e ainda era grátis… mas o que era bom demais para ser verdade acabou ehehe.

O Google agora está agrupando o volume de palavras-chave para contas com pouco investimento, ou seja, se você não gasta não vai ter todos os dados; veja a diferença entre duas contas abaixo, na esquerda com dados agrupados e na direita com os dados absolutos.

Contas Diferentes do Planejador de Palavras-Chave

 

Todas as análises e direcionamentos de SEO feitas pelos dados agrupados vão sofrer bastante… de qualquer jeito não se apegue ao problema mas sim em soluções:

  1. Começar a investir em Anúncios Adwords
  2. Pedir para usar o planejador de seu amigo rico que gasta horrores no Adwords
  3. Usar algum programa que traga essas infos mastigadas como o Semrush

Frase do Mês

“Não espere uma crise para descobrir o que é importante em sua vida” Platão

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *